quarta-feira, 30 de março de 2011

Minha Melhor Lembrança



Se de ti um dia senti raiva
Me lembrar não posso
Sei apenas que hoje és
Minha melhor lembrança
Fiz um relicário
Como se o fim prevesse
Ainda quando Eterno julgava
O amor que por ti sentia
Intitulei
Lembranças de um grande amor
E no fim
Foi só o que restou
Lembranças de um grande amor
Lá guardei
Cheiros, sensações, fotos, cartas
Flores mortas
Flores por ti roubadas
Para apenas me ver sorrir
Tal tesouro enterrei
Onde não sei dizer
Esqueci
Pra não ter que me lembrar
Que um dia
Contigo fui feliz
Sim
Fui feliz.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Mas Heim?!?!?!

Alguem pode me explicar o que houve com o premio de "Revelação Musical do ano" no fastão ontem????
Restart (mas heim?!?!) concorria com Michel Teló e Paula Fernandes pra Revelação Musical e para minha GRANDE surpresa, o Restart levou.. (mas Heim?!)
Primeiramente vamos ponderar alguns pontos:
- Quem disse que Restart é banda?
- Pior: quem disse que Restart é banda de rock?
-Quem disse que o que sai da boca deles é musica?
-Quem foi o FDP que disse aqueles moleques que eles são revelação?
Só se for revelação de fracasso... Do Fracasso de uma geração.
Pior é a petulancia deles em se compararem aos Beatles...
Mas enfim...
O resultado é plenamente explicavél quando se leva em consideração que os votos eram feitos pela internet e que a corja de fãs desses garotos (tsc) são seres sem mais nada pra fazer na vida alem de ficar na net votando...
Uma Dica: Pais e mães cuidem do que seus filhos fazem na internet.
Quem sabe assim, no ano que vem, o premio vá pra alguem que realmente mereça...

E esse post nem merece foto, por que eu ME RECUSO a por a foto desses seres de outro mundono meu blog.

Pronto. Falei!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Latente


Olhos pequenos
Doce veneno
Boca que me chama
Fogo que queima
Desejo ardente
Sentimento latente
Espero seu toque
Me entrego por completo
Corpo
Alma
Sentidos
Perco o controle
E deixo a paixão fluir
Ah...
E como ela flui
Toma conta da corrente sanguínea
E pulsa
No ritmo frenético dos nossos batimentos cardíacos
Na respiração ofegante
No suor que escorre pela sua testa
Na sua boca 
Que insana
Procura a minha
Em uma explosão se encontram
Boca
Beijo
Mão
Pele
E todos os sentidos possíveis e incontroláveis.

terça-feira, 22 de março de 2011

Se



Depois de tanto tempo
Contemplei seu sorriso
Olhos brilhantes
Mãos nervosas
Depois de tanto tempo
Descobri que ainda te provoco frenesi
Não core
Você ainda deixa minhas pernas bambas
Ainda deixa meu olhar brilhante
Todos podem ver
Podem ver que o destino
Tratou de separar nossos caminhos
Mas jamais separou nossos corações
O que fizemos por nós?
Todos podem ver
Somos o par perfeito
O que fizemos por nós?
Lutamos por amores frágeis
E não lutamos por nós
Tão óbvio
Hoje ficamos no “se”
Se tivéssemos sido mais fortes
Se tivéssemos lutado mais
Eu seria sua
E você seria meu
Como sempre foi
Como jamais deixará de ser.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Carnaval, e eu almejo você!

Avessa a festa da carne
Apenas uma boa lembrança pra guardar
Um único carnaval pra festejar
Um único carnaval pra me orgulhar
Incólume,
Em algum relicário esquecido em um velho baú
Nesse momento
Só almejo seu corpo junto ao meu
Só almejo seu cheiro impregnando minha carne
Seu toque aquecendo minha pele
Seu sussurar em meus ouvidos
Não importando se fevereiro ou março
Não importando se o mundo se acaba em água
Ahh..
Mas são as Águas de Março
Tão forte
Tão intensa
Tal qual o nosso amor.