quinta-feira, 16 de junho de 2011

Na Compania do Silêncio

Todo mundo um dia vai te decepcionar
Em menor ou maior proporção
Mas superar a decepção cabe somente a você
Não espere que alguem lhe tire do abismo da sua alma
Quando foi você mesmo que se jogou nesse abismo
Não tome o veneno esperando que o outro morra
Não seja hipócrita, tão pouco cínico
Você faria o mesmo
E a pessoa lhe perdoaria
Então você diz:
As pessoas são diferentes
Reagem diferente as situações
E eu lhe pergunto:
Você acredita mesmo no que diz?
Por que é tão dificil aceitar então?
Critique o outro
Mas lembre-se que na maioria da vezes
Estamos apenas criticando nossa própria atitude no outro.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Resposta ao Desabafo

 
Tola menina
Tola mulher
Sabe tão exatamente o que é
Que se esquece de ser luz
Sabe tanto sobre o amor
Mas esquece de amar-se
Sabe tanto sobre a vida
Mas esquece de viver
E por que?
Por que vaga inquieta
De lugar em lugar?
Por que sofre com problemas
Que nem de longe são seus?
Por que se preocupa tanto com as pessoas
Se elas nem sabem que tens sentimentos
Ah, mulher!!!!!!!
O tempo passou
E nos tornou mulher
Fortes
Decididas
Mas que tem medo de ser o que são
Bruxas

(01-12-2004) em resposta a uma poesia da minha querida amiga MEG

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Ser Eu

Algum tempo escrevendo só pra mim
Palavras e sentimentos que só a mim pertencem
Medos e angustias que não confesso
Em algum caderno escondido no fundo do armário
Tempo usado em estudos
Tempo cada vez mais escasso
E o medo recorrende de perder algo de precioso
O medo de errar na unica tarefa que não posso errar
Ser mãe é muita responsabilidade
Ser mulher é muita responsabilidade
Ser exemplo é muita responsabilidade
Mas foi o caminho que escolhi
Turrona
Nem que pudesse
Voltaria atraz
Sei dos meus defeitos
E do orgulho demasiado que carrego
Tenho aprendido na marra a humildade
Mas o bixinho do orgulho é tão bunitinho....