terça-feira, 8 de maio de 2012

Caminhos

Eu queria mesmo não te fazer sofrer
Acho que a raiva passou
E o que ficou?
Ficou a saudade
E a imensa indecisão
São tantas coisas em jogo
E não, não se trata do meu orgulho
Apenas não quero mais ferir ninguém
Talvez você tenha mudado todo o rumo da sua vida
Mas eu ainda continuo no mesmo caminho
Sei que fui dura
Sei que fui fria
E já nem sei se cabe pedir desculpas
Apenas espero que encontre a felicidade no seu caminho
Entenda
Nunca foi falta de amor
Embora eu ainda não saiba as respostas
As coisas se aquietam aqui dentro
Talvez eu chegue a alguma conclusão
Talvez seja tarde
Apenas não quero criar feridas em ninguém
E os caminhos seguem...


ao som de: