sexta-feira, 10 de junho de 2011

Ser Eu

Algum tempo escrevendo só pra mim
Palavras e sentimentos que só a mim pertencem
Medos e angustias que não confesso
Em algum caderno escondido no fundo do armário
Tempo usado em estudos
Tempo cada vez mais escasso
E o medo recorrende de perder algo de precioso
O medo de errar na unica tarefa que não posso errar
Ser mãe é muita responsabilidade
Ser mulher é muita responsabilidade
Ser exemplo é muita responsabilidade
Mas foi o caminho que escolhi
Turrona
Nem que pudesse
Voltaria atraz
Sei dos meus defeitos
E do orgulho demasiado que carrego
Tenho aprendido na marra a humildade
Mas o bixinho do orgulho é tão bunitinho....

Nenhum comentário:

Postar um comentário